Crianças têm aulas com instrumentos musicais feitos com sucatas

Quando a música é trabalhada desde bebê ou até mesmo na barriga da mãe, traz resultados positivos para o desenvolvimento de capacidades expressivas, musicais e psicomotoras nas crianças. É por isso que os alunos da Educação Infantil da rede municipal de ensino têm aulas semanalmente com uma professora da área. A arte melhora a sensibilidade motora, visual e auditiva, além de permitir conhecer o próprio corpo e de proporcionar melhora nas relações sociais.
A música não só traz benefícios para os alunos como para a própria professora. “Trabalhar no meio musical é algo fantástico e novo a cada dia, pois toda a aula é uma descoberta, uma novidade, devido as diversas possibilidades que a música traz”, comentou a professora. Alissa Bracht dá aulas de música para as turmas de educação infantil de escolas municipais no interior, além de trabalhar nas escolas municipais de educação infantil, atendendo alunos desde os 4 meses até os 10 anos de idade.
Em cada faixa etária, a música é trabalhada de uma forma diferente, observando as potencialidades do aluno e a sua idade. Nas aulas, as crianças aprendem cantigas de rodas, canções que desenvolvem a coordenação motora ampla e fina, ritmos, pulsação, percepção sonora, história dos instrumentos, parâmetros sonoros, classificação instrumental e muitas outras atividades.
Alissa também dá aulas para os alunos do Centro Municipal de Educação Fundamental Leonel de Moura Brizola (CEMEF). São eles que ajudam a professora na confecção de instrumentos musicais que são utilizados pelas crianças da educação infantil nas escolas municipais. “Esse trabalho tem gerado um resultado positivo, já que instiga as crianças, além de ser uma forma de diversão para elas”, garantiu a professora. Os instrumentos musicais são feitos de sucatas e sementes e seu acabamento é bem colorido, despertando a curiosidade e imaginação nas crianças.

Data de publicação: 11/09/2017

Compartilhe!