HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Ambulatório de Atenção Básica já registra mais de 16 mil consultas em 2019

Número de consultas inclui clínico geral, pediatra e ginecologista. De 1º de janeiro a 28 de agosto, também foram mais de 41 mil procedimentos ambulatoriais, como aferições de temperatura e pressão arterial, injeções, soro, observação, curativos e acolhimento com classificação de risco

3 de setembro, 8h10min

Paulo Sérgio Rosa
Ambulatório já realizou mais de 16 mil consultas em 2019
Ambulatório já realizou mais de 16 mil consultas em 2019

A abertura do Ambulatório de Atenção Básica do Bairro Canabarro, uma das principais demandas da comunidade de Teutônia, está gerando resultados importantes. O local, que atende sob livre demanda das 7h às 22h, já registra, em 2019, mais de 16 mil consultas e mais de 41 mil procedimentos ambulatoriais, demanda esta que não precisou ser encaminhada ao Hospital Ouro Branco.
Para o prefeito, Jonatan Brönstrup, a reabertura do Ambulatório de Atenção Básica no ano passado atendeu a uma das principais demandas da população teutoniense. “Com as melhorias que estamos realizando, como a abertura do ambulatório, que consequentemente beneficiou o hospital, estamos atingindo índices satisfatórios. Estamos cumprindo com aquilo que nos comprometemos com a comunidade: melhorar a qualidade de vida da população. Segundo o índice Firjan 2018, temos a 45ª melhor saúde do Brasil, ou seja, estamos entre os 1% dos municípios brasileiros que tem os melhores índices”, frisa.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Ambulatório de Atenção Básica fica anexo ao Centro Avançado de Saúde

De 1º de janeiro a 28 de agosto de 2019, foram 16.101 consultas de clínico geral, pediatra e ginecologista registradas, com um média de 2 mil atendimentos por mês. A maior procura foi no mês de junho, quando foram 2.564 consultas (15,92% dos atendimentos do período), devidos aos fato de ser o período em que aumentam os casos de gripe e resfriados, doenças respiratórias, entre outras. De agosto a 31 de dezembro de 2018, foram 5.833 consultas.
Quanto aos procedimentos ambulatoriais, como aferições de temperatura e pressão arterial, injeções, soro, observação, curativos e acolhimento com classificação de risco, entre outros, foram 41.231 de 1º de janeiro a 28 de agosto de 2019. Assim como nas consultas, junho foi o mês com o maior número de procedimentos: 7.545 (18,30% dos procedimentos do período).
Para o secretário de Saúde, Hélio Brandão da Silva, os números indicam a importância de atender este anseio da comunidade de Teutônia, que já contava com este serviço antigamente e que acabou sendo encerrado posteriormente. “Estamos dando um novo olhar à saúde de Teutônia, nos aproximando ainda mais das pessoas. Casos que não precisam do atendimento hospitalar de urgência podem ser atendidos no Bairro Canabarro, sem precisar agendar horário. Pessoas com febre, gripe, com uma dor estão tendo um atendimento mais próximo, sem precisar se deslocar até o Bairro Languiru”, salienta.
O vice-prefeito, Valdir Oliveira do Amaral, coloca que a Saúde de Teutônia vem melhorando graças à atenção especial dada pela Administração Municipal para área. “Como é bom observar que uma ação no Bairro Canabarro se reflete numa melhora em todo o município. Estamos atendendo demandas que a comunidade vinha cobrando há tempo, como é o caso do Bairro Canabarro, que agora conta com atendimento médico até às 22h. Estamos conseguindo dar um novo olhar à nossa população”, afirma.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Atendimentos são sob livre demanda

Desde abril do ano passado, a Secretaria de Saúde vem passando por reestruturação, visando, sempre, o melhor atendimento à população. Uma das primeiras ações foi a abertura do Ambulatório de Atenção Básica no local que antes sediava as Estratégias de Saúde da Família (ESFs), anexo ao Centro Avançado de Saúde (CAS).

Inicialmente, o Ambulatório de Atenção Básica atendia até as 20h, sem limite de fichas. Em julho de 2018, o local passou a atender até as 22h, aonde o paciente chega e tem a certeza do atendimento. A intenção, com isso, foi desafogar o Pronto Atendimento do Hospital Ouro Branco, que tem como prioridade urgência e emergência.
No ambulatório básico, em casos que necessitem de atendimento especializado ou de maior complexidade, a ambulância do município fará o deslocamento até o hospital. Já o Centro Avançado de Saúde continua com os atendimentos agendados, para consultas de rotina. Também estão mantidos os atendimentos dos especialistas que atendem no CAS.

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer