HORÁRIO DE ATENDIMENTO De Segunda às sextas-feiras,
7h30min às 11h30min, 13h às 17h
NOTICIAS

De janeiro a maio, saldo de empregos foi positivo


03/07/2018 09:30

Entre janeiro e maio, foram 309 admissões a mais do que desligamentos

Entre janeiro e maio de 2018, Teutônia teve 309 admissões a mais do que desligamentos. Conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), entre 1º de janeiro e 31 de maio, foram 2.095 admissões e 1.786 desligamentos, resultando no saldo positivo de 309 empregos.

A indústria de transformação foi o setor que teve o maior saldo positivo: 211, sendo 1.332 admissões e 1.121 desligamentos. Neste setor, o maior número de admissões e demissões foi nas indústrias calçadistas. Elas registraram 1.080 admissões contra 863 desligamentos. Já a construção civil teve o maior saldo negativo. Foram 29 admissões contra 54 desligamentos, resultando num saldo negativo de 25 empregos.

Entre o período citado, Teutônia teve o maior saldo positivo da região. A maior cidade do Vale do Taquari, Lajeado, teve saldo positivo de 229 empregos. Bom Retiro do Sul teve 140 admissões a mais do que desligamentos, seguido de Arroio do Meio, com saldo positivo de 133 empregos.

Numa análise somente no mês de maio, foram 280 admissões contra 318 desligamentos, resultando num saldo negativo de 38 empregos. Nas admissões, 261 pessoas foram reempregadas e 18 tiveram a oportunidade do primeiro emprego. Dos 318 desligamentos, 148 foram sem justa causa e 138 a pedido do empregado.

A Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo de Teutônia segue buscando atrair novos investimentos para o município, visando a criação de novas vagas de emprego. “Sabemos do momento delicado da economia, mas temos empresas interessadas em investir no município, pois sabem que temos mão de obra qualificada. Em breve, poderemos ter novidades no município”, afirma o titular da pasta, Pablo Chrestani.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Texto: Édson Luís Schaeffer/divulgação

ss
LEIA TAMBÉM