HORÁRIO DE ATENDIMENTO De Segunda às sextas-feiras,
7h30min às 11h30min, 13h às 17h
NOTICIAS

Nova escola de Educação Infantil no Bairro Canabarro pauta audiências em Brasília


06/08/2018 07:44

Durante a visita à Digap, se justificou a necessidade urgente da nova escola de Educação Infantil

A Administração Municipal de Teutônia segue na busca por recursos para a construção de uma nova escola de Educação Infantil no Bairro Canabarro, nas proximidades do Loteamento Morada do Sol. Com o objetivo de verificar o andamento da solicitação de recursos federais para tal finalidade, o prefeito, Jonatan Brönstrup, e o secretário de Educação, Paulo Brust, estiveram em Brasília na semana passada, oportunidade em que também reforçaram a importância e necessidade urgente deste investimento. Na ocasião ainda, foram acompanhados o andamento dos demais projetos encaminhados via Plano de Ações Articuladas (PAR), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Em uma das audiências, Brönstrup e Brust foram atendidos pela equipe técnica do FNDE, que orientou e esclareceu dúvidas sobre os projetos em andamento. Já a outra reunião foi com a Diretoria de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais (Digap), responsável pela gestão dos recursos da Educação no Governo Federal.

Os recursos pretendidos com o Governo Federal visam avançar no atendimento às crianças na Educação Infantil, através de uma nova escola deste nível de ensino no Loteamento Morada do Sol. Trata-se de uma escola modelo Proinfância Tipo 1, que terá previsão de atender 188 crianças. O investimento previsto é de R$ 2,4 milhões.

Para o secretário de Educação, Paulo Brust, a ida à Brasília foi oportuna, pois mostrou-se a necessidade urgente de uma nova creche para Teutônia. “Tivemos uma boa receptividade e sentimos a compreensão da Digap deste investimento. Na oportunidade, ainda fomos informados que Teutônia não possui nenhuma pendência com o Ministério da Educação. Acreditamos que estamos próximos de ver se tornar realidade os R$ 2,4 milhões para Teutônia, para serem investidos no nosso bem maior: as nossas crianças”, sublinha.

O prefeito, Jonatan Brönstrup, coloca que todos os esforços serão feitos para que estes recursos para a Educação Infantil venham para Teutônia. “Nossa atribuição é cuidar das pessoas e temos trabalhado incansavelmente nisso, pois nossa meta é oportunizar às famílias condições para melhorar de vida. Sentimos-nos gratificados em estarmos dando importantes passos na Educação Infantil”, sublinha.

Durante a ida a Brasília, ainda se verificou o andamento de outros projetos ligados à Educação encaminhados junto ao Governo Federal. Dentre eles estão: ampliação da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professor Guilherme Sommer, construção de quadras cobertas nas escolas Dom Pedro I e Professor Teobaldo Closs e construção de uma nova EMEF na Vila Esperança.

Educação Infantil como prioridade
A proposta de governo da atual Administração Municipal tem como uma das principais bandeiras a Educação Infantil. A meta de zerar a fila de espera e oferecer um ensino acessível, respeitando as escolas comunitárias, têm sido o foco nesta área. Uma das primeiras ações foi retomar as obras e readequar o projeto do prédio próprio da Escola Municipal de Educação Infantil Caminhos do Saber, que atenderá 132 crianças – 70 a mais do que atendidas hoje. As obras seguem em ritmo acelerado e há a expectativa de concluir o educandário até o final do ano.

Recentemente, foi anunciado que, em breve, 950 vagas das escolas de Educação Infantil comunitárias serão custeadas integralmente pelo Município, que repassará, mensalmente, R$ 543,40 por aluno a estas instituições. Isto significa que o ensino se tornará gratuito nas escolas comunitárias – sendo importante, no entanto, a contribuição espontânea às Associações de Pais, Professores e Funcionários, cujos valores serão inferiores às mensalidades hoje pagas. O edital de chamamento público para o credenciamento e habilitação destas instituições deve ser publicado ainda este mês.

No modelo de custeio das vagas, o Município duplicará o repasse, que atualmente gira em torno de R$ 250,00, às escolas comunitárias, bem como passarão a serem ofertadas aproximadamente 50 vagas a mais nestas instituições. Se somadas as 70 novas vagas da EMEI Caminhos do Saber e as mais de 180 vagas previstas para a nova escola de Educação Infantil no Bairro Canabarro, se zerará a fila de espera, que hoje está em 208 crianças.

Texto: Édson Luís Schaeffer
Foto: divulgação

ss
LEIA TAMBÉM