HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Vias pavimentadas com paviesse e paralelepípedo estão sendo recuperadas

27 de dezembro, 17h40min

Durante o mês de dezembro, a Administração Municipal de Teutônia, através da Secretaria de Obras, iniciou a recuperação de vias pavimentadas com blocos intertravados de concreto (paviesse) e paralelepípedo. A intenção é recuperar as vias que apresentam o pavimento danificado, devido ao trânsito de veículos pesados ou tiveram o desgaste com o passar do tempo.

A primeira via que está sendo recuperada é a Rua Alfredo Closs, entre as ruas Dom Pedro II e Carlos Arnt, numa área de 1.303 metros quadrados. O pavimento de paralelepípedo desta via estava irregular, com muitas ondulações, causando inconvenientes e desconforto aos usuários da via, que há vários anos não recebia recuperação.

A recuperação compreende a realização da cancha e a recolocação dos blocos para a recomposição da estrutura da via. O processo licitatório para a contratação de empresa para a prestação de serviços, sob demanda, de manutenção em vias municipais pavimentadas com paviesse e com paralelepípedo iniciou em agosto.

A melhor proposta foi apresentada pela empresa Paviarte Construtora Eireli, de R$ 15,00 por metro quadrado, tanto em paviesse quanto em paralelepípedo. Além da Rua Alfredo Closs, mais vias serão recuperadas em breve, no limite máximo de quatro mil metros quadrados de paviesse e de quatro mil metros quadrados de paralelepípedo, totalizando R$ 120 mil.

Segundo o prefeito, Jonatan Brönstrup, a recuperação do pavimento em vias estratégicas é um dos compromissos assumidos pelo governo. “Temos muitas vias antigas e estratégicas, que não haviam passado ainda pelo processo de recuperação, como é o caso da Rua Alfredo Closs. Outras vias receberam paviesse e, devido ao crescimento de determinadas áreas, o pavimento se deteriorou. Não temos dúvidas de que as melhorias se refletirão na qualidade de vida e no conforto da nossa população”, frisa.

Texto: Édson Luís Schaeffer
Foto: Matheus Prates/divulgação