HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

“A leitura é o contato com as grandes realizações do ser humano”

Frase é de Guido Lang, historiador e escritor teutoniense patrono da 8ª Feira do Livro de Teutônia, que iniciou nesta quinta-feira e segue até sábado

25 de outubro, 0h14min

Édson Luís Schaeffer
Feira do Livro ocorre no ginásio da Comunidade Católica do Bairro Canabarro
Feira do Livro ocorre no ginásio da Comunidade Católica do Bairro Canabarro

A comunidade Teutônia pode, entre os dias 24 e 26 de outubro, mergulhar no fantástico mundo da leitura. É a 8ª Feira do Livro de Teutônia, que começou nesta quinta-feira e segue até sábado, tendo como patrono o historiador e escritor teutoniense Guido Lang. Programação ocorre junto ao ginásio da Comunidade Católica Nossa Senhora do Rosário, no Bairro Canabarro.
Diversas atrações estão à disposição da comunidade. Além da comercialização de livros, há exposição de trabalhos desenvolvidos pelos alunos em sala de aula, espetáculos de dança, música, teatro, além de bate-papo com escritores, entre outras atrações.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Feira do Livro ocorre no ginásio da Comunidade Católica do Bairro Canabarro

A programação já iniciou pela manhã e se estendeu durante a quinta-feira, com atividades voltadas aos alunos das séries finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Palestra de liderança, apresentações artísticas e peça teatral Dia D Adolescente, trazida pelo Grupo A Hora, foram os destaques da programação do primeiro dia de Feira.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Feira do Livro ocorre no ginásio da Comunidade Católica do Bairro Canabarro
Foto: Édson Luís Schaeffer
Feira do Livro ocorre no ginásio da Comunidade Católica do Bairro Canabarro

Já à noite, ocorreu a abertura oficial do evento. Para o vice-prefeito, Valdir Oliveira do Amaral, a Feira do Livro evidencia a educação teutoniense. “A nossa cidade que canta e encanta é uma cidade educadora. E hoje é o momento de reconhecer e agradecer a aqueles que contribuíram com o nosso município”, enalteceu.
A secretária de Educação, Rosana Schneider Rührwiem, enalteceu que a Feira do Livro faz um resgate histórico. “Estamos homenageando pessoas importantes na nossa história e que tanto contribuíram com a educação de Teutônia”, afirmou.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Abertura oficial ocorreu na noite de quinta-feira
Foto: Édson Luís Schaeffer
Abertura oficial ocorreu na noite de quinta-feira

Em seguida, foi a vez da comunidade ouvir o historiador e escritor teutoniense Guido Lang, patrono da 8ª Feira do Livro. Lang destacou que ser escolhido patrono da Feira é um reconhecimento aos quase 50 anos dedicados à história de Teutônia. “Para um escritor, ser patrono é sempre uma satisfação, um reconhecimento ao trabalho que a gente faz, de registrar a história da comunidade, dos filhos das colônias”, frisou.
Para o patrono, a leitura é primordial. “A leitura é o contato com as grandes realizações do ser humano. Quando a gente lê, a gente toma conhecimento das grandes conquistas do ser humano. As grandes coisas que o ser humano conquistou estão sintetizadas num livro. Através da leitura, nós, escritores, conseguimos falar com as gerações futuras, que vão assimilar os conhecimentos que transmitimos através das páginas dos livros. A escrita é uma das mais importantes conquistas do ser humano”, observou.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Guido Lang (e) é o patrono da Feira do Livro

Por fim, Lang ainda comentou que o escritor também escreve por entrelinhas, onde ele diz muitas vezes aquilo que ele não pode dizer oficialmente. “As entrelinhas são o sentido figurado das coisas. A gente diz o óbvio, mas também no óbvio muitas vezes tem muito mais. Em síntese, é a habilidade do escritor de se comunicar nas linhas e nas entrelinhas. Os grandes escritores escrevem nestas entrelinhas. A inspiração de escrever sobre a nossa terra está na frase ‘se quiser ser imortal, escreve sobre sua aldeia’. Eu como historiador, escrevo sobre minha aldeia, o meu município, a minha gente”, afirmou.
Ainda durante a cerimônia de abertura, o historiador Selby Wallauer ainda fez uma homenagem ao líder emancipacionista e ex-prefeito Elton Klepker. Wallauer trouxe a linha do tempo de Klepker como prefeito, líder emancipacionista e cooperativista. “A história de Teutônia tem dois momentos distintos: antes de Elton Klepker e depois de Elton Klepker. Teutônia é o que é muito graças à genialidade de Elton Klepker”, afirmou.
A homenagem foi entregue à viúva de Klepker, Iria Schwingel Buhl. “Klepker era um grande homem, um grande líder, que trouxe desenvolvimento a Teutônia. Agradeço de coração esta linda homenagem”, ressaltou.
Selby Wallauer também foi homenageado por sua contribuição à Teutônia, sendo o primeiro secretário de Educação do município e o autor da bandeira e do brasão. Da mesma forma, a atual secretária de Educação, Rosana Schneider Rührwiem, também recebeu uma homenagem.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Homenagem a Elton Klepker foi entregue à viúva Iria Buhl

A programação tem entrada gratuita. A comercialização de livros ocorre no subsolo, enquanto no ginásio ocorre a programação artístico-cultural. Nos dois ambientes ainda ocorre a exposição de trabalhos desenvolvidos nos educandários.
Dentre os objetivos estão promover um espaço para apreciação/contato com obras literárias e não literárias, incentivando o hábito da leitura, bem como o reconhecimento de uma comunidade leitora em Teutônia; divulgar a cultura local por meio de suas diversas manifestações; criar situações de aprendizagem num espaço lúdico de comunicação; e incluir e integrar diferentes segmentos da sociedade em torno de uma reflexão sobre a importância do conhecimento através do hábito da leitura.
O evento é uma realização da Prefeitura de Teutônia, por meio da Secretaria de Educação. São parceiros da Feira do Livro: Associação dos Professores Municipais de Teutônia, Comunidade Católica Nossa Senhora do Rosário, Grupo A Hora, Livraria Wessel, Livraria Kadernus, Grupo Popular de Comunicação, Sesc, Sesi e TeutoNet.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Teatro e música estão entre as atrações culturais
Foto: Édson Luís Schaeffer
Teatro e música estão entre as atrações culturais

PROGRAMAÇÃO 8ª FEIRA DO LIVRO DE TEUTÔNIA

>> 25/10 (sexta-feira)

*crianças da Educação Infantil e alunos do Ensino Fundamental I. Recepção com Personagens da Kadernus, que levarão as turmas para as atividades
– 8h30 às 9h30 – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – Visitação à Feira
– 8h30 às 8h45 – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – professor de música Jean e seus alunos
– 8h45 às 9h30 – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – “Contação de histórias” com a Cia do Riso
– 9h30 às 10h30 – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – Visitação à Feira
– 9h30 às 9h45 – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – Apresentação professor de música Jean e seus alunos
– 9h45 às 10h30 – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – “Contação de histórias” com a Cia do Riso
– 14h às 15h – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – Visitação à Feira
– às 14h15 – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – professor de música Jean e seus alunos
– 14h15 às 15h – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – “Salada de contos com a Gelatina”, com Cléia Haubert
– 15h às 16h – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – Visitação à Feira
– 15h às 15h15 – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – professor de música Jean e seus alunos
– 15h15 às 16h – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – “O urso com música na barriga”, com Cléia Haubert
– 19h – Recepção com apresentação do Coral Municipal Infanto Juvenil de Teutônia, sob a regência de Marlon Gausmann
– 19h15 – Lançamento do livro “Mulheres que escrevem” e “Papo de escritor”
– 20h – Roda de conversa “O poder das palavras”, da Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat), com Lucildo Ahlert, Luciana Brune, Deoli Graff e Juliano Schwarz
– 21h – Visita à Feira do Livro e exposição de trabalhos das escolas
– 22h – Fechamento da Feira

>> 26/10 (sábado)

*Durante todo o dia, brinquedos infláveis e ervateira
– 9h – Coral Municipal de Teutônia
– 9h15 – Grupo de Danças Amizade
– 9h30 – Painel “O que temos de registro sobre a nossa Teutônia”. Mediação: Rosana Schneider Rührwiem. Painelistas (nomes a confirmar): Silvio Brune, Selby Wallauer, Guido Lang e Carlos Campos
10h30 – intervenção artística, com o Grupo de Danças Movimentu’s
10h45 – Apresentação da invernada pré-mirim do CTG Porteira dos Pampas
14h às 16h30 – Espaço para os núcleos culturais
17h – Fechamento da Feira

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer