HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Boletim novo coronavírus 15/04/2020 – 17h30

15 de abril, 17h30min

Entre a terça-feira, dia 14 de abril, e esta quarta-feira, dia 15, foram notificados à Vigilância Epidemiológica de Teutônia 7 novos casos suspeitos de Covid-19 acompanhados em domicílio. Paralelamente, 14 casos suspeitos que vinham sendo acompanhados a domicílio foram encerrados, pois não apresentaram evolução nos sintomas.

Os casos suspeitos acompanhados em domicílio são de pessoas que apresentam síndrome gripal e estão em isolamento residencial, recebendo acompanhamento constante das equipes de saúde para verificar a evolução dos sintomas. Este número não leva conta os familiares.

Teutônia também tem o primeiro caso confirmado de Covid-19 (novo coronavírus), a partir de teste rápido feito na paciente internada no Hospital Ouro Branco, posteriormente confirmado pelo Lacen e Secretaria Estadual de Saúde. Trata-se de uma mulher de 49 anos, que internou na casa de saúde no início da tarde de sexta-feira, dia 10 de abril, com sintomas suspeitos e se encontra em estado estável na unidade de isolamento Covid-19. O Hospital Ouro Branco e a Vigilância Epidemiológica seguem com o rastreamento das pessoas que tiveram contato com a paciente.

Vale ressaltar que o descumprimento das medidas de isolamento por parte das pessoas com suspeitas de Covid-19 acompanhadas em domicílio acarretará na responsabilização legal, conforme prevê portaria do Governo Federal, sendo a autoridade policial e Ministério Público informados sobre este descumprimento. Também é importante salientar que, conforme o novo Protocolo do Ministério da Saúde, pessoas com síndrome gripal são suspeitas para o Covid-19 e por isso são colocadas em isolamento, mas só são feitos testes nos pacientes hospitalizados.

Diante do aumento progressivo de casos suspeitos e confirmados na região, solicita-se que as pessoas continuem adotando as medidas protetivas e de higienização, além de sair de casa somente em casos de extrema necessidade e evitando aglomerações.