HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Calendário Agrícola 2020 está à disposição na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Publicação inédita contem informações referentes aos meses de plantio e tempo médio de colheita das principais culturas agrícolas ao longo do ano

3 de fevereiro, 16h01min

Paulo Sérgio Rosa
Calendário Agrícola está à disposição na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente
Calendário Agrícola está à disposição na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Cada cultura agrícola, hortaliça ou frutífera tem um período ideal para plantio e colheita. Esses detalhes, quando agrupados, servem de guia não somente para os produtores rurais, mas, também, para todos aqueles que querem ter a sua própria horta e produzir seus próprios alimentos. Por isso, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Teutônia publicou, este ano, pela primeira vez, o Calendário Agrícola 2020, que já está à disposição dos interessados.
O Calendário Agrícola 2020 traz informações referentes aos meses para realizar o plantio e o tempo médio para a colheita de diversas culturas agrícolas ao longo do ano. A publicação ainda possui recomendações de aproveitamento e consumo de hortaliças, suas principais composições nutricionais e algumas particularidades das mesmas. Essas informações muitas vezes eram solicitadas na Secretaria de Agricultura.
Por isso, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Teutônia produziu, pela primeira vez, o Calendário Agrícola 2020. As informações foram reunidas pela servidora da pasta e técnica agrícola Marciléia Bothmann Leonhardt, resultando na publicação, que é gratuita e pode ser retirada pela comunidade interessada na sala 38 da Prefeitura.
O objetivo do Calendário Agrícola é oferecer um guia aos agricultores, bem como estimular a população a ter a sua própria horta. “Mesmo morando na cidade, podemos fazer uma horta para cultivar hortaliças, plantas medicinais, condimentares e aromáticas no jardim, quintal, varanda, sacada ou terraço”, coloca a secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Nara Regina Nichterwitz.
A publicação ainda visa o estímulo ao convívio em família. “Pode-se fazer uma horta chamando as crianças para participarem. Além de estimular uma alimentação mais saudável e proporcionar o contato com a natureza, é uma das formas das crianças conhecerem melhor as plantas, de como elas crescem. Com isso, se proporciona um mundo de descobertas e deliciosos momentos em família”, sublinha Nara.

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer