HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Capital Nacional do Canto Coral: Corais municipais de Teutônia lançam CD

Disco conta com 12 faixas, com canções entoadas pelo Coral Municipal, Coral Municipal Anos Dourados e Coral Municipal Infantojuvenil

18 de dezembro, 10h39min

Édson Luís Schaeffer
CD tem 12 faixas, com canções entoadas pelos três corais municipais de Teutônia
CD tem 12 faixas, com canções entoadas pelos três corais municipais de Teutônia

Teutônia é a Capital Nacional do Canto Coral e como forma de reforçar esta identidade, os três corais municipais celebram este legado em um CD lançado na noite desta quinta-feira, dia 17 de dezembro, em transmissão online. Trata-se de um disco com 12 faixas, que evidencia e homenageia a herança da colonização alemã, iniciada em 1858, e que é mantida por mais de 50 corais ainda em atividade no município.

O lançamento foi feito por meio de live no Facebook da Associação dos Coros de Teutônia (www.facebook.com/acoteteutonia/), integrando a programação Um Sonho de Natal. Na transmissão de um pouco mais de 20 minutos, é possível conferir uma palhinha do disco, bem como conhecer um pouco melhor o Coral Municipal (coral adulto), Coral Municipal Anos Dourados (com integrantes da Melhor Idade) e o Coral Municipal Infantojuvenil.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Lançamento do CD ocorreu de forma virtual

O prefeito, Jonatan Brönstrup, enalteceu que o CD do Movimento Coral Teutônia resgata a essência cultural do município. “O canto coral em Teutônia é um legado que jamais pode ser apagado. É algo que precisa ser reforçado e estimulado às futuras gerações. É preciso, sim, respeitar as tradições centenárias, mas também é preciso trazer a inovação. E por isso, instituímos em lei a criação dos três coros, que evidenciam ainda mais a nossa tradição. Do mais novo ao idoso, são vozes que cantam e encantam, trazem leveza, aquecem o coração e nos fazem cantar junto”, sublinhou.

O regente do Coral Municipal Infantojuvenil, maestro Marlon Gausmann, lembrou que o projeto do coro jovem iniciou em 2018, com a seleção de vozes nas escolas de Teutônia. “Hoje, com muito orgulho, estamos participando e eternizando este belo trabalho com quatro canções no CD que estamos lançando”, colocou.

O regente dos corais Municipal e Anos Dourados, maestro Martin Altevogt, colocou que foi desafiador produzir o CD em época de pandemia. “Montar algo assim demanda tempo e há muito trabalho para os cantores quanto para os músicos que estão nos bastidores, para sincronizar as vozes, como se todos estivessem cantando ao mesmo tempo. Portanto, parabéns a todos que se dedicam para manter o canto coral vivo, mesmo durante o momento de distanciamento social”, frisou, acrescentando que o Coral Municipal foi fundado em 1983 e o Coral Anos Dourados em 2009.

A presidente da Associação de Coros de Teutônia, Rosita Schneider, enalteceu que o CD reflete a dedicação e a valorização que a arte do canto coral no município. “Como representante de todos os coralistas de Teutônia, fico muito feliz em vez que a arte prevalece, mesmo em tempos tão difíceis, produzindo material de alta qualidade. Os grupos que participam deste CD mostram que cantar não tem idade, que sempre vale a pena incentivar esta arte, desde cedo”, afirmou.

Foto: Édson Luís Schaeffer
CD tem 12 faixas, com canções entoadas pelos três corais municipais de Teutônia

O disco conta com 12 faixas, sendo seis do Coral Municipal, duas do Coral Municipal Anos Dourados e quatro do Coral Municipal Infantojuvenil. No repertório, estão músicas nacionais e internacionais, conforme segue:
1. Disparada, entoada pelo Coral Municipal. Música de Geraldo Vandré e Théo Barros, com arranjo de Marcos Leite e Regina Lucatto;

2. A Minha Vida, entoada pelo Coral Anos Dourados. Música de João Lopes e arranjo de Martin Altevogt;

3. Canção da Meia-noite, entoada pelo Coral Infantojuvenil. Música de Os Almôndegas e arranjo de Martin Altevogt;

4. Canção do Amigo, entoada entoada pelo Coral Municipal. Música de Rui Biriva, Elton Saldanha e Vaine Darde, com arranjo de Gerson de Souza;

5. O Caderno, entoada pelo Coral Infantojuvenil. Música de Toquinho e Matinho, com adaptação de Marlon Gausmann;

6. Paciência, entoada pelo Coral Municipal. Música de Lenine, com arranjo de Fernando Magalhães;

7. Marmor, Stein un Eisen Bricht, entoada pelo Coral Anos Dourados. Música de Drafi Deutscher, com adaptação de Michel Guckert;

8. Meu Abrigo, entoada pelo Coral Infantojuvenil. Música de Gabriela e Rodrigo Melim, com arranjo de Marlon Gausmann;

9. Avsenik Medley, entoada pelo Coral Municipal. Música de Slavko Avsenik, com arranjo de Perpetuum Jazzile;

10. Stand by me, entoada pelo Coral Infantojuvenil. Música de Ben E. King, com arranjo de Marlon Gausmann;

11. Merceditas, entoada pelo Coral Municipal. Música de Ramón Sixto Rios e arranjo de Martin Altevogt;

12. A Paz, entoada pelo Coral Municipal. Versão do grupo Roupa Nova.

Foto: Édson Luís Schaeffer
CD tem 12 faixas, com canções entoadas pelos três corais municipais de Teutônia

Em torno de 1 mil CDs foram produzidos inicialmente. A pré-produção, gravação, edição, mixagem e masterização do CD, bem como a produção de foto e arte da capa e a duplicação do disco em 1 mil cópias, foram feitos pela empresa G. de Souza Educação Musical, de Roca Sales. O investimento do Município foi de R$ 17.500,00.

Quem tiver interesse no CD, poderá contatar os regentes ou a Secretaria de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer. Em breve, as faixas do também serão disponibilizadas, inclusive para download, no site da Prefeitura, na aba Turismo.

Foto: Édson Luís Schaeffer
CD tem 12 faixas, com canções entoadas pelos três corais municipais de Teutônia

Devido à pandemia do Covi-19, os corais não puderam se encontrar para gravar em grupo para fazer a captação de áudio para o CD. Assim, a gravação foi feita individualmente, ou seja, cada coralista, mediante agendamento, gravou a sua voz. Desta forma, cada voz precisou ser editada, para então realizar  a sincronização para dar a sonoridade do canto coral.

O CD celebra um período de conquistas para o Movimento Canto Coral de Teutônia, com destaque para as leis de criação dos três coros municipais e o título de Capital Nacional de Canto Coral, auferido ao município por meio da Lei Federal nº 13.563/2017. O projeto para tornar Teutônia a Capital Nacional do Canto Coral tramitou no Congresso Nacional por cerca de sete anos, sendo sancionado pelo então presidente Michel Temer no dia 21 de dezembro de 2017.

Foto: Édson Luís Schaeffer
CD tem 12 faixas, com canções entoadas pelos três corais municipais de Teutônia

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer