HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Coral Municipal Anos Dourados difunde, há 10 anos, a tradição teutoniense no canto coral pelo Estado

Coral da Melhor Idade tem representado o município em diversos locais do Estado, além de realizar concerto solidário para a comunidade teutoniense

29 de agosto, 16h13min

Paulo Sérgio Rosa/arquivo
Recentemente foi realizado concerto solidário no Centro Avançado de Saúde
Recentemente foi realizado concerto solidário no Centro Avançado de Saúde

Teutônia é a Capital Nacional do Canto Coral. São mais de 1 mil vozes em mais 1 mil que difundem a tradição trazida com os antepassados às novas gerações. Dentre os coros está o Coral Municipal Anos Dourados, que conta com integrantes da Melhor Idade e que tem representado o município, há 10 anos, em diversos locais do Estado, além de realizar apresentações para a comunidade teutoniense, incluindo concerto solidário.
No dia 20 de agosto, foi realizado o Concerto Solidário do Coral Municipal Anos Dourados, sob a regência do maestro Martin Altevogt, no Centro Avançado de Saúde do Bairro Canabarro. Na oportunidade, o coral apresentou o seu repertório e mostrando o porquê o município é a Capital Nacional do Canto Coral. “O propósito deste concerto foi aproximar o canto coral da comunidade, diversificando a plateia”, pontua Altevogt.

Foto: Paulo Sérgio Rosa/arquivo
Recentemente foi realizado concerto solidário no Centro Avançado de Saúde

Na agenda deste ano, ainda estão previstas participações na Missa do Idoso, no dia 24 de setembro, no Bairro Canabarro, e no Encontro Municipal do Idoso, no dia 26 de setembro, no Centro Comunitário Martin Luther, no Bairro Languiru. E a tendência é de que mais apresentações venham a ocorrer.
Durante o ano, o Coral Anos Dourados participou, dentre outras apresentações, do baile do Coral Castelo Forte, no Bairro Canabarro (16 de março); do Café Musical da Sogipa, em Porto Alegre (18 de maio); do Festival de Coros da Terceira Idade de Teutônia, no Bairro Teutônia (23 de maio); da abertura do curso de Arranjos da Associação dos Coros de Teutônia, junto ao Sínodo Vale do Taquari, Bairro Centro Administrativo (2 de julho); e do 4º Encontro Regional de Integração de Corais de Terceira Idade de Mato Leitão (16 de agosto).

Foto: divulgação
Coral Anos Dourados participou de diversos eventos, como o Festival de Coros em Mato Leitão

O Coral Municipal Anos Dourados foi fundado em 2009, com o intuito de prestigiar e valorizar a experiência das pessoas da Melhor Idade na cultura do canto coral. “Da mesma forma, o Coral tem o objetivo de manter e qualificar a tradição legada pela colonização germânica, dando continuidade a prática do canto coral, para que possamos fazer jus ao slogan que o nosso município adotou como sendo a Cidade que Canta e Encanta”, enaltece o maestro Martin Altevogt, formado em Regência pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e que desde 2017 está à frente do Coral Anos Dourados.
Assim como o Coral Municipal e o Coral Municipal Infanto-Juvenil, o Coral Anos Dourados é mantido pela Secretaria de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer. “Teutônia tem em sua essência o canto coral. Então, nada mais justo que mantermos e fomentarmos esta tradição, que tanto nos orgulha. E o Coral Anos Dourados tem contribuído muito nesta proposta”, coloca o titular da pasta, Jean Marcos Galvão.
Teutônia tem mais de 50 corais em atividade. Destes, 42 estão filiados à Associação dos Coros de Teutônia (Acote). Desde o dia 22 de dezembro de 2017, Teutônia é oficialmente a Capital Nacional do Canto Coral. A Lei Federal nº 13.563, que dá ao município o título, foi sancionada pelo presidente Michel Temer no dia 21 de dezembro de 2017. O projeto para tornar Teutônia a Capital Nacional do Canto Coral tramitou no Congresso Nacional por cerca de sete anos.

Foto: Édson Luís Schaeffer/arquivo
Coral Municipal Anos Dourados difunde há 10 anos a tradição do canto coral

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer