HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Feira do Livro Virtual de Teutônia mobilizou a comunidade regional

Toda a programação ocorreu de forma virtual, em função da pandemia

7 de dezembro, 17h04min

Paulo Sérgio Rosa
Bate-papo com a patrona, Ana Cecília Togni (d), foi uma das atividades da Feira do Livro
Bate-papo com a patrona, Ana Cecília Togni (d), foi uma das atividades da Feira do Livro

Entre os dias 3 e 5 de dezembro, a 9ª Feira do Livro de Teutônia, que este ano ocorreu de forma virtual, mobilizou a comunidade teutoniense e regional pelas redes sociais. A Feira do Livro procurou estimular o acesso à literatura e à cultura no conforto da casa das famílias, por meio de vasta e diversificada programação, que entre os destaques teve o bate-papo com a patrona, Ana Ana Cecília Togni, além da realização e premiação do concurso de desenho, história em quadrinhos, conto e crônica.

O bate-papo com a patrona da 9ª Feira do Livro de Teutônia, Ana Cecília Togni, também conhecida como Tia Chica, ocorreu na noite de sexta-feira, dia 4 de dezembro, por meio de live transmitida pela Secretaria de Educação. A escritora destacou o seu gosto pela literatura, bem como enalteceu a importância de se manter o hábito da leitura, ainda em época de pandemia.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Ana Cecília Togni foi a patrona da Feira do Livro de Teutônia

Ana Cecília Togni é licenciada em Matemática (Ufrgs), Especialista em Matemática (Unisc), Mestre em Educação (Unisinos) e Doutora em Informática na Educação (Ufrgs). Ela também é fundadora da Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat), sendo a primeira primeira presidente da entidade (gestão 2005/2008), e ocupa a cadeira de número 1 da Academia. Desde 2005, Tia Chica já coordenou seis edições do Concurso Literário Novos Talentos: Escritos/ Escritores, que é lançado a cada dois anos. É autora de mais de 15 obras literárias e possui, também, artigos científicos publicados em periódicos educacionais nacionais e internacionais.

A escritora iniciou sua fala agradecendo o convite de ter sido escolhida patrona da Feira do Livro. “É uma honra e uma alegria muito grande ter sido escolhida patrona desta Feira do Livro. Ser patrona de uma feira é uma distinção, pois existem na região e fora dela dezenas de escritores que mereceriam estar ocupando este posto. Receber este convite foi um momento especialíssimo”, afirmou.

Ana também comentou como a literatura entrou na sua vida. “Desde pequena tive o exemplo do meu pai, que gostava muito de ler jornal, revistas e livros. Ele nos presenteava com livros e contava histórias. Minha professora do 3º ano, no final da tarde, contava histórias para nós e, quando chegava em casa, contava estas histórias para os meus irmãos. Mais tarde, comecei a contar histórias para os meus filhos, criando muitas delas”, enalteceu.

Em 1991, nasce o primeiro livro, “As histórias da Tia Chica”. “A partir daí, fui juntando minhas histórias e aos poucos lançando mais livros, vários voltados ao público infantil e alguns para adultos. Todas as histórias são inspiradas nas minhas vivências e experiências, de situações que ocorreram na minha vida”, expôs.

Dentre outros assuntos abordados pela autora, também esteve a importância da contação de histórias. “A prática cotidiana da contação de histórias é suma importância, estimulando a oralidade e, posteriormente, a escrita e a leitura. É preciso que as crianças sejam alfabetizadas e saibam interpretar textos. E nada melhor que a contação de histórias e as próprias feiras do livro para criar este estímulo à leitura, ainda mais em época de pandemia”, frisou.

Por fim, quando questionada como os pais podem se motivar a também escrever histórias, a autora foi enfática. “Precisamos ter coragem de expor os nossos sentimentos, aquilo que estamos pensando. Escrever é muito bom. A gente precisa é ter coragem para pôr no papel aquilo que a gente pensa”, sublinhou.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Bate-papo com a patrona, assim como toda a programação, ocorreu de forma virtual

Outro destaque da programação foi a a realizado do concurso de desenho, história em quadrinhos, conto e crônica, cuja premiação foi entregue na cerimônia de encerramento, na manhã de sábado, dia 5 de dezembro, também em transmissão ao vivo. Os os estudantes foram desafiados a exercitar as linguagens escrita e visual, com a temática Leitura e Acolhimento.Na ocasião, os 12 alunos vencedores do concurso foram premiados. Conforme a faixa etária, os alunos participaram de um das modalidades do concurso. A seguir, confira os premiados.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Alunos que se destacaram no concurso foram premiados

A programação ainda contou com banca virtual das duas livrarias parceiras do evento: Livraria Wessel, de Teutônia, e Livraria Kadernus, de Arroio do Meio, que seguem com grande variedade de livros disponíveis em seus sites, inclusive, com várias opções de presente para o Natal. A Feira do Livro também contemplou mostra literária e cultural, dança, música, teatro, contação de histórias, poesia, palestras, dicas de leitura.

No espaço Momentos Literários, a Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat) trouxe a leitura de poemas, fragmentos de textos e livros, apresentados na voz dos membros da Academia. Já no espaço Compartilhando Vivências, convidados produziram videos compartilhando vivências nas mais diversas áreas, de como a literatura é importante para as funções que exercem. Também merece destaque o espaço Histórias Encenadas, do Grupo Luz & Cena, com 16 histórias infantis de 5 a 10 minutos encenadas e apresentadas em vídeo.

Com o tema “Leitura e acolhimento”, a Feira do Livro teve como objetivo marcar presença na vida escolar e mobilizar a comunidade valorizando a família, o acolhimento, a cultura e a diversidade. Todo o conteúdo do vídeo segue disponível no no canal da Secretaria de Educação no Youtube ( https://www.youtube.com/channel/UC9747NIA2CTbMkwdeQXq2zg/videos ), bem como no site www.educteutonia.com.br/feiradolivro .

Na cerimônia de encerramento, a secretária de Educação, Rosana Schneider Rührwiem, colocou que a Feira do Livro deste ano foi preparada de modo diferente. “Neste ano, tivemos que nos reinventar cada dia, como é o caso da Feira do Livro, que foi um sucesso. Desde quinta-feira, procuramos mostrar a importância da leitura e trazer a cultura no nosso município, procurando atingir o maior número possível de famílias, despertando, assim, cada vez mais o interesse pela leitura”, colocou.

A 9ª Feira do Livro foi uma realização da Secretaria de Educação de Teutônia, com apoio da Associação dos Professores Municipais de Teutônia, Livraria Wessel, Livraria Kadernus, SESC – Lajeado e CIC Teutônia. O patrocínio foi de Banrisul.

 

PREMIADOS DO CONCURSO DE DESENHO, HISTÓRIA EM QUADRINHOS, CONTO E CRÔNICA

>>> Categoria A: 1°, 2° e 3º Ano – DESENHOS

– 1º Lugar: Sophia Dorneles Caye, de 7 anos, aluna do 1º ano da EMEF Professor Guilherme Sommer, sob orientação da professora Jeane Beatriz Unnerwwher;

– 2º Lugar: Nanuela Bayer Ahlert, de 8 anos, aluna do 3º ano da EMEF Leopoldo Klepker, sob orientação da professora Anelise Wolf Frantz;

– 3º Lugar: Vinícius Klein Bühring, de 9 anos, aluno do 3º ano da EMEF. Bento Gonçalves, sob orientação da professora Daniela Hauschild;

>>> Categoria B: 4° e 5°Ano – CONTOS

– 1º Lugar: Sofia Renata Henz, de 10 anos, aluna do 4º ano da EMEF Leopoldo Klepker, sob orientação da professora Simone Goulart;

– 2º Lugar: Gabrieli Eduarda Mörschbächer da Rosa, de 11 anos, aluna do 5º ano EMEF Marechal Arthur da Costa e Silva, sob orientação da professora Magali Beatriz Strauss;

– 3º Lugar: Caique Gabriel Hergemoeller, de 11 anos, aluno do 5º ano da EMEF Bento Gonçalves, sob orientação do professor Flávio Tiggemann;

>>> Categoria C: 6° e 7º Ano – HISTÓRIA EM QUADRINHOS

– 1º Lugar: Vinícius da Costa Silva, de 11 anos, aluno do 6º ano da EMEF Professor Teobaldo Closs, sob orientação da professora Orlene de Oliveira;

– 2º Lugar: Laura Reane Post, de 11 anos, aluna do 6º ano da EMEF Professor Alfredo Schneider, sob orientação da professora Rosangela Brönstrup;

– 3º Lugar: Mariana Brandão, de 12 anos, aluna do 7º ano da EMEF Guilherme Sommer, sob orientação da professora Andréia Plentz;

>>> Categoria D: 8° ao 9° Ano e EJA – CRÔNICAS

– 1º Lugar: Gabriele Kalkmann, de 14 anos, aluna do 9º ano da EMEF Professor Alfredo Schneider, sob orientação da professora Cláudia Ludwig;

– 2º Lugar: Bianca Caroline Machado, de 15 anos, aluna do 9º ano da EMEF Professor Teobaldo Closs, sob orientação da professora: Elaene Schneider Grützmann;

– 3º Lugar: Antonella Conci da Silva, de 14 anos, aluna do 9º ano da EMEF Leopoldo Klepker, sob orientação da professora Ana Elisa Osterkamp.

 

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Alunos que se destacaram no concurso foram premiados
Foto: Paulo Sérgio Rosa
Alunos que se destacaram no concurso foram premiados

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer