HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

NOTA DE ESCLARECIMENTO – Derrubada de araucária na praça do Bairro Canabarro

16 de agosto, 14h19min

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Teutônia vem a público se manifestar sobre o corte de uma araucária na quarta-feira, dia 14 de aagosto, na praça localizada ao lado da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana Redentor, no Bairro Canabarro. Sendo assim:

  1. Todo o processo adotado na questão da autorização para a derrubada da araucária seguiu os parâmetros legais, previstas na legislação ambiental pertinente;

 

  1. A árvore já estava morta há um longo período – estima-se que há mais de quatro anos, por motivos desconhecidos, e, recentemente, passou a oferecer riscos aos usuários da praça, incluindo crianças da Escola de Educação Infantil localizada ao lado do espaço. Aliás, houve relatos de que galhos estavam caindo e, em uma das quedas, quase atingiu uma criança. Sendo assim, há algumas semanas a área ao redor da árvore foi isolada, até devido inúmeras solicitações da comunidade estavam sendo dirigidas à Secretaria para que alguma ação fosse tomada em relação ao risco às pessoas;

 

  1. A compensação da derrubada desta árvore será feita nas próximas semanas, com o plantio de 15 araucárias em uma área de preservação permanente nas proximidades do Distrito Industrial, no Bairro Teutônia;

 

  1. Durante todo o processo, foi feita a análise da fauna por um biólogo teutoniense reconhecido em suas causas ambientais, através de monitoramento constante com drone. Durante dois meses, houve o acompanhamento, sendo que havia aves no local e, por isso, a árvore não foi suprimida anteriormente. Quando foi feita a última análise, no dia 30 de julho, foi constatado que não havia mais a presença de animais na árvore, e, assim, foi autorizada a derrubada, conforme o processo que está disponível na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente;

 

  1. A Secretaria de Obras, na semana da supressão, visitou o local e mais uma vez constatou que não havia a presença de aves;

 

  1. Os profissionais que realizaram a derrubada, no dia 14 de agosto, não visualizaram aves na árvore, nem quando a derubaram. No dia seguinte, dia 15 de agosto, pela manhã, duas aves mortas foram identificadas deitadas sob o tronco da árvore;

 

  1. Devido ao aparecimento de pássaros mortos no tronco no dia posterior à derrubada, o que causou o acionamento da Patram, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente segue acompanhando o caso. Todo o processo, com mais de 50 páginas, foi repassado à Patram.

 

  1. A supressão da árvore não está relacionada ao projeto de revitalização da praça do Bairro Canabarro.

 

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente reforça que a derrubada da araucária se deu por questões de segurança. O risco de galhos atingirem pessoas que circulam pela praça, incluindo crianças da Escola de Educação Infantil localizada ao lado do espaço, era iminente. Neste sentido, se buscou todas as formas legais e de preservação da fauna para, então efetuar o corte da árvore.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente segue à disposição para mais esclarecimentos.

 

Teutônia, 16 de agosto de 2019.