HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Ospa emociona e encanta Teutônia

Pela primeira vez em Teutônia, Orquestra Sinfônica de Porto Alegre encerrou semana dedicada à música no município, trazendo grandes clássicos da música erudita

29 de julho, 10h04min

Paulo Sérgio Rosa
Ospa trouxe grandes clássicos da música erudita à Teutônia
Ospa trouxe grandes clássicos da música erudita à Teutônia

Um espetáculo que emocionou e encantou Teutônia. Assim se resume o concerto da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), que veio pela primeira vez ao município na noite de sexta-feira, dia 26 de julho, trazendo em torno de 700 pessoas à Associação Pró-Desenvolvimento do Bairro Languiru. O concerto encerrou a semana dedicada à música, através do Festival de Música organizado pelo Colégio Teutônia. A regência foi de Arthur Barbosa, com solos da soprano Rosimari Oliveira.
O repertório contemplou uma grande variedade de compositores da música de concerto. O espetáculo iniciou com a abertura da ópera “O Barbeiro de Sevilha, de Gioacomo Rossini. E assim, seguiu a apresentação, contemplando a ária ‘‘Qual Fiamme Avea Nel Guardo’’, de Ruggero Leoncavallo; “As Bodas de Fígaro”, de Wolfgang Amadeus Mozart, “O Mio Babbino Caro’’, de Giacomo Puccini; “Carmem Suite nº 2”, de Georges Bizet; “Danças Brasileiras”, de Camargo Guarnieri; e ‘‘La Cumparsita’’, de Gerardo Matos Rodríguez. Durante o concerto, a orquestra ainda trouxe duas composições de Johann Strauss II: ‘‘Pizzicato Polka’’ e ‘‘Tritsch-Tratsch Polka’’, que contou com a interação do público.
“Hoje (dia 26) é uma data histórica para o município de Teutônia. Pela primeira vez, trouxemos a Teutônia a Ospa, a orquestra dos gaúchos, ainda mais quando o município respirou, durante a semana, a música praticamente 24 horas por dia. Momento de música, que aquecerá os corações e ficará marcado na história do município”, enalteceu o prefeito, Jonatan Brönstrup.
“Desde o domingo Teutônia teve o privilégio de ser a cidade que mais tocou e vibrou com os acordes, com o canto de quase três centenas de jovens e adultos, que fizeram da nossa cidade a efervescência cultural deste país. Esta é uma semana histórica para Teutônia na promoção da cultura, do canto e da música orquestrada”, destacou o diretor do Colégio Teutônia, Jonas Rückert.
“Uma noite memorável para Teutônia e região. Um presente para os coralistas e músicos, que evidenciam a riqueza cultural do nosso município, e a todos aqueles que prestigiam a música de concerto. Foi uma noite para se emocionar e se encantar”, enalteceu o secretário interino de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, Jean Marcos Galvão.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
A regência foi de Arthur Barbosa

O concerto foi gratuito. Em contrapartida, a comunidade foi convidada a doar um quilo de alimento não-perecível. Os donativos arrecadados serão entregues, em breve, à Secretaria de Assistência Social do município, que os destinará às famílias em vulnerabilidade.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Concerto teve participação solo da soprano Rosimari Oliveira

Música de concerto para o Estado

O regente do concerto em Teutônia, Arthur Barbosa, que está na Ospa desde 1998, enalteceu que é de extrema importância levar os concertos da orquestra para o interior. “Já tive a oportunidade de viajar com a orquestra por vários cantos do Rio Grande do Sul. A melhor coisa que pode acontecer é a orquestra, que é do Estado, levar a música para o interior, que é extremamente receptivo. Quando chegamos, somos muito bem recebidos, com casas lotadas e uma plateia interessada, porque é o melhor que temos de música sinfônica no Rio Grande do Sul”, afirmou.
Barbosa, que também é regente da Orquestra Jovem da Ospa, ainda colocou que o Festival de Música de Teutônia é de extrema importância para o Estado. “Estar aqui, encerrado este ciclo só confirma o talento de Teutônia na música erudita. Teutônia está no mapa da música erudita há algum tempo e, quando se traz uma orquestra sinfônica, se ajuda muito para que se reconheça os instrumentos e este tipo de trabalho, através da sua importância, para que seja preservado. Juntando o ensino, que é o futuro da música, e o profissionalismo da orquestra, temos uma conjunção de fatores para que possamos fazer grandes eventos, como o Festival de Música e este concerto”, frisou.
O concerto em Teutônia integrou a Série Interior, realizada pelo SESC e patrocinados pela Corsan e pela Fundação Cultural Pablo Komlós. A Secretaria Municipal de Juventude Cultura, Esporte e Lazer de Teutônia foi parceira na realização deste evento, oferecendo a estrutura e a logística necessária para a realização do concerto.
A Ospa é uma das fundações vinculadas à Secretaria da Cultura do Governo do Rio Grande do Sul (Sedac/RS). Os concertos da Série Interior são realizados pelo SESC e patrocinados pela Corsan e pela Fundação Cultural Pablo Komlós. Os concertos da temporada 2019 são patrocinados, via Lei Federal de Incentivo à Cultura (LIC), por Panvel, CMPC, Corsan, Banrisul e Grupo Zaffari. Apoio: Ipiranga, Dufrio, Audio Porto, Grupo Renner e Thyssenkrup. A realização é de OSPA, Fundação Cultural Pablo Komlós e Sedac.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Ospa se apresentou pela primeira vez em Teutônia

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer