HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Parceria entre Prefeitura e Colégio Teutônia possibilita formação musical dos alunos dos Núcleos de Cultura

Município foi patrocinador cultural do Festival de Música de Teutônia, sendo que a contrapartida da instituição de ensino foi oportunizar a participação gratuita dos alunos do Coral Municipal Infanto-Juvenil e Orquestra Jovem. Parceria ainda propiciou oficina de canto coral aos coralistas

29 de julho, 7h30min

Édson Luís Schaeffer
Festival de Música oportunizou a formação para centenas de jovens, incluindo os Núcleos de Cultura de Teutônia
Festival de Música oportunizou a formação para centenas de jovens, incluindo os Núcleos de Cultura de Teutônia

A semana passada seria de férias escolares. Oportunidade de descansar, ficar em casa ou viajar. Mas, para aproximadamente 30 alunos do Coral Municipal Infanto-Juvenil e da Orquestra Jovem de Teutônia, dos Núcleos de Cultura, a semana foi de uma experiência imensurável: vivenciar e se contagiar com as notas, acordes, melodias e sons do Festival de Música de Teutônia, que fez a música ecoar pelo município entre os dias 21 e 25 de julho.
A formação para os alunos dos Núcleos de Cultura no Festival de Música foi possível graças à parceria entre a Prefeitura e o Colégio Teutônia. O Município foi o patrocinador cultural do evento, com um aporte financeiro de R$ 20 mil. Em contrapartida, os jovens coralistas e músicos dos Núcleos puderam participar, sem custo e com transporte disponibilizado pela Prefeitura, da formação oportunizada durante o Festival.
Durante quatro dias, os estudantes tiveram a oportunidade de se aperfeiçoar e ter contato com o trabalho técnico-musical de renomados profissionais da música. Além disso, o Festival oportunizou a vivência da música por meio de oficinas de cordas, sopros, canto, percussão e musicalização e promoveu o intercâmbio e a troca de experiências.
O prefeito, Jonatan Brönstrup, ressalta que o Município de Teutônia, como cidade que canta e encanta e Capital Nacional do Canto Coral, deu um grande passo ao firmar essa parceria com o Colégio Teutônia. “Teutônia tem, em sua essência, a veia musical. O Festival de Música vem ao encontro disso e, por isso, nada mais justo que oportunizar a formação dos nossos alunos dos Núcleos neste evento. Não temos dúvidas que o Festival tocou esses jovens com valores que eles levarão para a vida toda”, frisa.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Oficinas oportunizaram a formação dos participantes, incluindo jovens dos Núcleos de Cultura

A parceria entre Prefeitura e Colégio Teutônia foi além da formação dos jovens. Na quarta-feira, dia 24 de julho, cantores e regentes filiados à Associação dos Coros de Teutônia puderam participar, gratuitamente, da oficina de Canto Coral, ministrada por Frederico Trindade. O músico e regente passou diversas técnicas vocais e corporais para incrementar o canto coral.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Oficina de Canto Coral foi aberta aos coralistas e regentes de Teutônia

O secretário interino de Juventude Cultura, Esporte e Lazer, Jean Marcos Galvão, enaltece que Teutônia está se configurando como um polo cultural e musical, em que o Festival contribui ativamente para que isto se efetive. “Atraímos o olhar de todo o Estado e da Região Sul, ao mesmo tempo em que mostramos a nossa riqueza cultural. O Festival de Música reforça aquilo que Teutônia tem em seu DNA. Então, quando oportunizamos momentos de formação aos jovens coralistas e músicos neste evento, estamos valorizando toda a nossa riqueza cultural”, afirma.
E tudo que foi aprendido durante a semana foi possível mostrar à comunidade teutoniense e regional durante o concerto de encerramento do Festival, na quinta-feira, dia 25 de julho. Os alunos dos núcleos culturais integraram o Coral do Festival, bem como a grande orquestra, emocionando o público presente no evento.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Coral do Festival contou com integrantes do Coral Infanto-Juvenil de Teutônia

Formação musical e de cidadania

O regente do Coral Municipal Infanto-Juvenil, Marlon Gaussmann, enaltece que a oportunidade dada aos jovens dos Núcleos de Cultura é de suma importância e de alta relevância. “Além de aprimorar o conhecimento, eles tiveram contato com professores renomados no Brasil e no Exterior, troca de experiências com jovens de outros município e fortaleceram a questão da coletividade, dando a estes alunos a consciência de conviver no mesmo espaço, trocando todos os tipos de saberes. Foi uma oportunidade ímpar que não podíamos deixar de aproveitar. Parabéns a todos os envolvidos”, sublinha.
O maestro da Orquestra Jovem de Teutônia, William Bayer, da mesma forma, ressalta que a formação oportunizada no Festival é de extrema importância. “Essa troca, esse aprendizado que se tem com outros professores e outros alunos é enriquecedora. Em dois, três dias de Festival, se notou o empenho destes jovens em aprender. E isso foi possível graças aos professores que passaram algo a mais para os participantes, estimulando os alunos a pensarem, a saírem do seu quadrado. O convívio em grupo e a semana intensa conversando sobre música vai dar um retorno imensurável a estes alunos”, destaca.
O diretor do Colégio Teutônia, Jonas Rückert, salienta que o aporte financeiro da Prefeitura foi importante para viabilizar o Festival de Música. “O Festival tem como pano de frente a música, mas tem como pano de fundo todos os elementos que estão vinculados à inteligência emocional, ao convívio social, à cooperação, à formação do cidadão, aos valores culturais. Conseguimos fazer esta costura para oferecer uma contrapartida muito significativa, que foi a participação dos grupos dos núcleos culturais, um exemplo fidedigno e de assertividade na relação daquilo que é parceria público-privado. Estamos efetivamente trazendo resultados para quem faz a nossa vida acontecer diariamente, que são os nossos munícipes”, afirma.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Alunos da Orquestra Jovem de Teutônia integraram a Orquestra do Festival

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer