HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Pavimentação da Rua Carlos Schwambach Filho é entregue à comunidade

Via, no Bairro Teutônia, recebeu pavimentação asfáltica e é uma das alternativas de acesso aos centros de distribuição das cooperativas Certel e Languiru

5 de agosto, 10h45min

Paulo Sérgio Rosa
Pavimentação da Rua Carlos Schwambach Filho foi inaugurada no sábado
Pavimentação da Rua Carlos Schwambach Filho foi inaugurada no sábado

Moradores da Rua Carlos Schwambach Filho, no Bairro Teutônia, viram sair do papel, recentemente, uma reivindicação de muitos anos: a pavimentação da via, que é uma das alternativas de acesso aos centros de distribuição das cooperativas Certel e Languiru. Agora, a poeira e a lama não fazem mais parte da rotina dos moradores. Para marcar este importante momento para a comunidade local, no sábado, dia 3 de agosto, foi feita a entrega oficial da obra.
As obras de pavimentação asfáltica iniciaram entre março e abril está entre as primeiras de várias que estão ocorrendo ou acontecerão em breve na atual Administração Municipal. Foram pavimentados 269,15 metros de extensão e 9 metros de largura, entre as ruas Décio Böhmer e Alfredo Ahlert, totalizando R$ 2.425,80 metros quadrados. O investimento foi de R$ 365.837,34, obras executadas pela Construtora Extremo Sul (Coesul).
Para o vice-prefeito, Valdir Oliveira do Amaral, a pavimentação desta via foi um compromisso assumido pelo atual governo. “Estamos tirando do papel um sonho de muitos anos da comunidade da Rua Carlos Schwambach Filho. Sabemos da importância desta obra, que está trazendo mais qualidade de vida para quem mora aqui e utiliza esta via”, frisou.
A Rua Carlos Schwambach Filho integra um conjunto de cinco ruas que foram pavimentadas através de recursos financiados pelo Badesul, de R$ 5 milhões. Deste montante, R$ 2.676.887,53 foram investidos em pavimentações asfálticas.
Também foram pavimentadas: no Bairro Canabarro, trecho da Rua 20 de Maio (479,25 metros de comprimento por 9 metros de largura, totalizando 4.313,25 metros quadrados), entre a Rua 87 (que margeia a ferrovia) e a Serraria Travessão; Rua Adão de Oliveira (354,87 metros de extensão por 9 metros de largura, totalizando 3.193,83 metros quadrados), entre as ruas Décio Pellegrini e Júlio Stumm; e Rua Décio Pellegrini (97,23 metros de extensão por 8,5 metros de largura, totalizando 826,45 metros quadrados), entre as ruas Adão de Oliveira e Germano Gausmann; além da Rua 7 Sul, no Bairro Centro Administrativo, numa extensão de 284,01 metros por 9 metros de largura, entre a Avenida 1 Leste e a ERS-128 (Via Láctea), totalizando 2.568,10 metros quadrados.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Via é uma das alternativas de acessos aos centros de distribuição da Certel e da Languiru

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer