HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Prefeito de Teutônia integra comitiva brasileira em congresso de Smart Cities, em Barcelona

Jonatan Brönstrup também representou a Amvat, entidade que preside, com o objetivo de conhecer as formas de organização das cidades para proporcionar desenvolvimento e qualidade de vida sustentável à população

29 de novembro, 17h10min

arquivo pessoal
Uma das atividades foi a visita ao 22@, guiada por Josep Piqué, um dos gestores do distrito de inovação
Uma das atividades foi a visita ao 22@, guiada por Josep Piqué, um dos gestores do distrito de inovação

O prefeito de Teutônia e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), Jonatan Brönstrup, integrou, na semana passada, uma comitiva de 42 brasileiros, de 17 estados, do maior evento de cidades inteligentes do mundo, a Smart City Expo World Congress 2019, em Barcelona, Espanha. Na oportunidade, foi possível conhecer as formas de organização das cidades para proporcionar desenvolvimento e qualidade de vida sustentável à população.
Brönstrup coloca que diversos temas abordados no congresso podem ser colocados em prática no município de Teutônia. “Em breve estaremos iniciando a revisão do nosso Plano Diretor. Chama a atenção que o Plano Diretor de Barcelona foi elaborado em 1852 e, desde então, não sofreu modificações. Já naquela época se pensava com olhar à frente, prevendo ruas largas, espaços públicos grandes e preservação do meio ambiente e da arquitetura. Não temos dúvidas que esse plano pode, sim, ser referência para Teutônia”, frisa.

Foto: arquivo pessoal
Comitiva do Vale do Taquari com Josep Piqué (e), um dos gestores do 22@

Além do prefeito de Teutônia, o Vale do Taquari esteve representado pela presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), Cíntia Agostini, e por Leonel de Oliveira, professor da Universidade do Vale do Taquari (Univates). Além do congresso, a comitiva visitou a Câmara de Comércio Brasil/Catalunha, o distrito da inovação 22@ Barcelona, o parque tecnológico Barcelona Activa e a empresa de tratamento e seleção de resíduos Tersa.
Conforme Brönstrup, Barcelona é um exemplo de integração entre história e tecnologia. “Para avançar tecnologicamente, não é necessário apagar a história, mas, sim, integrá-la com o desenvolvimento. Esse é o caso de Barcelona, que preserva a história e suas edificações antigas, aliando os avanços tecnológicos”, enaltece.
Dentre os locais visitados, está o distrito da inovação 22@ Barcelona. Trata-se de uma área de aproximadamente 200 hectares que abrigou o antigo Distrito Industrial e que ficou obsoleto no início dos anos 2000, devido aos avanços tecnológicos. No entanto, o espaço foi reinventado e reestruturado, transformando-se em um espaço de inovação, com universidades e startups, sendo integrado à cidade. “É um espaço onde se tem produção de conhecimento e qualificação para a mão de obra 4.0”, enaltece o prefeito.

Foto: arquivo pessoal
Barcelona Activa foi outro local visitado

Já o parque tecnológico Barcelona Activa chamou a atenção da comitiva pelos seus números. No que se refere a empregos, foram 24.961 pessoas atendidas em 2018 nos serviços e programas de fomento ao emprego, com ênfase aos coletivos mais vulneráveis, que possuem mais dificuldades de acesso ao mercado de trabalho. Da mesma forma, foram atendidos 13.780 empreendedores; 2.371 novos projetos empresariais; 7.125 empresas atendidas; 15.733 pessoas beneficiadas em 5.286 atividades formativas; 97 projetos financiados; entre outros.
A empresa pública de tratamento e seleção de resíduos Tersa também pode ser referência para Teutônia, uma vez que o Município estuda a possibilidade de geração de energia e reaproveitamento de resíduos no Aterro Sanitário, por meio de parceria com empresa da Alemanha, que financia projetos nesta área. A Tersa é responsável pelo tratamento de 30% dos resíduos gerados em Barcelona. O resíduo orgânico é transformado em gás e o resíduo sólido, depois de passar pela triagem, é transformado em energia através da termovalorização, atendendo uma população de 100 mil pessoas. O resíduo restante é transformado em material para a construção civil.

Foto: arquivo pessoal
Prefeito Jonatan Brönstrup participou da Smart City Expo World Congress 2019

Jonatan Brönstrup coloca que a imersão em Smart Cities na semana passada foi uma oportunidade de pensar na Teutônia e no Vale do Taquari do futuro. “Temos muito o que nos inspirar em Barcelona, que é uma das referências no que se refere à cidades inteligentes, nos mostrando que Teutônia e toda a região reúnem todas as condições para um desenvolvimento inteligente, oferecendo qualidade de vida à nossa população, aliando a preservação da nossa história e os avanços tecnológicos”, avalia.

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer