HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Prefeitura de Teutônia inicia tratativas para parceria em projetos de sustentabilidade com a Alemanha

Executivo e entidades de Teutônia estiveram reunidos com direta de empresa alemã responsável por projetos da área de sustentabilidade

28 de outubro, 12h35min

Paulo Sérgio Rosa
Silvia Kohlmann conheceu projetos de Teutônia
Silvia Kohlmann conheceu projetos de Teutônia

Executar projetos que visem a sustentabilidade, assim como já ocorre em muitos países, especialmente europeus, têm sido uma das preocupações de muitos gestores municipais, dentre eles, Teutônia. E para a execução destas iniciativas, fomento por meio de parcerias é suma importância. Neste sentido, a Prefeitura de Teutônia deu início às tratativas para parceria em projetos de sustentabilidade com uma empresa da Alemanha.
Na manhã deste domingo, dia 27 de outubro, uma comitiva da Alemanha esteve em Teutônia reunida com o Executivo e com entidades do município. Integraram a comitiva a diretora da empresa alemã EnviTecPro, Silvia Kohlmann, que atua em projetos internacionais na área das tecnologias ambientais focada em inovação e sustentabilidade; além das professoras Heike Kittel e Heidrun Franck, da Ecolea Internationale Schule.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Encontro entre o Executivo e a comitiva alemã ocorreu neste domingo
Foto: Édson Luís Schaeffer
Encontro entre o Executivo e a comitiva alemã ocorreu neste domingo

A comitiva é da cidade de Rostock, no nordeste da Alemanha, e vem cumprindo uma série de agendas no Rio Grande do Sul. Por meio de sugestão do secretário estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, a comitiva veio à Teutônia para conhecer projetos de sustentabilidade que podem receber aporte financeiro da cidade de Rostock para serem executados na região, por meio de parceria com o Brasil. Redução ou reutilização de resíduos, agregando valor ou gerando energia a partir deles também áreas de ação da empresa.
Teutônia possui intenção de produzir energia a partir dos gases gerados no Aterro Sanitário, com projeto pronto, faltando somente os recursos para executar o mesmo. O projeto despertou interesse em Sílvia Kohlmann, sendo que ainda cogitada a possibilidade da geração de energia com os resíduos animais, atendendo demandas não só de Teutônia, mas de toda a região.
Conforme o prefeito, Jonatan Brönstrup, a Alemanha tem sido referência no que se refere em sustentabilidade. “Com essa possível parceria que podemos estar executando, Teutônia pode virar referência no que se refere à sustentabilidade, sendo que já temos o nosso Aterro Sanitário como referência na região. A vinda desta comitiva para Teutônia por indicação do governo estadual já nos coloca no mapa de possíveis investimentos na área de sustentabilidade. E com recursos internacionais, fica mais fácil executarmos iniciativas que vão ao encontro da preservação ambiental”, frisou.
Sílvia Kohlmann lembrou que a Alemanha tem trabalhado incansavelmente na redução de resíduos e a sua reutilização, com o objetivo de eliminar os aterros sanitários. “Precisamos entender que os resíduos são rendáveis. E por isso, estou aqui para ver que tipos de projetos podem ser desenvolvidos e, quem sabe, se ter a a possibilidade de uma planta produtora de biogás aqui, por exemplo”, afirmou.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Silvia Kohlmann atua em projetos internacionais na área das tecnologias ambientais focada em inovação e sustentabilidade

A diretora da EnviTecPro ainda visitou o Aterro Sanitário de Teutônia. Ela retorna à Alemanha nesta semana e se comprometeu em enviar ao Município um questionário com as necessidades de Teutônia e, se possível, da região. A partir deste levantamento, será possível ter a noção do projeto que se pode ser executado. Silvia retorna ao Rio Grande do Sul no final de novembro, quando um novo encontro deve ocorrer em Teutônia.
Jonatan Brönstrup ainda apresentou o projeto pioneiro no Estado no que se refere a atender 100% da área urbana no que se refere à coleta de esgotos. O projeto foi elaborado pela Prefeitura e pela Associação Pró-Desenvolvimento, tendo um custo estimado em R$ 77 milhões. Silvia, da mesma forma, pretende em analisar este projeto e ver, da mesma forma, a viabilidade de algum aporte financeiro.
Acompanharam a comitiva as professoras de Alemão Caterine Schneider, que é de Teutônia, e Luciane Genehr, do Colégio Farroupilha, de Porto Alegre. Também auxiliou a professora de Alemão do Colégio Teutônia Angelita Lohmann. O grupo foi recepcionado em Teutônia com a apresentação do Coral Municipal Infanto-Juvenil, sob a regência d Marlon Gaussmann.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Encontro entre o Executivo e a comitiva alemã ocorreu neste domingo

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer