HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Prefeitura de Teutônia renova convênio com a Emater/RS – Ascar

A parceria possibilita a promoção de políticas públicas que vão desde o acesso a programas sociais a serviços com intuito de fortalecer a agricultura

16 de março, 13h24min

Paulo Sérgio Rosa
Prefeitura renovou o convênio com a Emater
Prefeitura renovou o convênio com a Emater

Recentemente, a Prefeitura de Teutônia renovou o convênio com a Associação Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RS) e Associação Sulina de Crédito e Assistência Rural (Ascar). A parceria possibilita a promoção de políticas públicas que vão desde o acesso a programas sociais a serviços com intuito de fortalecer a agricultura teutoniense.
A renovação do convênio com a Emater/RS – Ascar contempla a prestação dos serviços de assistência técnica e extensão rural e social no exercício de 2020. Conforme prevê o convênio, houve o reajuste de 7,32%, resultando a quota no valor de R$ 2.480,23 para ano de 2020. O valor corresponde ao número de três técnicos atualmente lotados no Escritório Municipal da entidade, correspondendo a um valor total mensal de R$ 7.440,69.
O prefeito, Jonatan Brönstrup, reforçou a importância da parceria com a Emater/RS – Ascar. “Se hoje somos referência no setor primário e a segunda maior economia do Vale do Taquari é porque estamos criando mais oportunidades no campo, sendo que a Emater tem contribuição importante neste processo. Este suporte técnico se torna cada vez mais necessário para os nossos produtores e, por isso, este convênio é suma importância”, sublinha.
Além do prefeito, da secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Nara Regina Nichterwitz, e do subsecretário, Luiz Rückert, participaram do encontro os extensionistas da Emater/RS – Ascar, Ana Candida Escandiel Jordani Barth, Carlos Fries e Michael da Silva Serpa, acompanhados do gerente regional da Emater, Marcelo Antonio Araldi Brandoli, e do gerente regional adjunto da entidade, Carlos Lagemann.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Emater prestou contas das atividades realizadas em 2019

O convênio tem como objetivo realizar um programa educativo, através do qual são prestados aos produtores rurais e suas famílias, serviços de assistência técnica e extensão rural e social. Com isso, visa-se a disseminação de conhecimentos científicos de natureza técnica, econômica e social, necessários ao aumento da produtividade e qualidade da produção agropecuária e à melhoria das condições de vida no meio rural. Neste sentido, os serviços prestados abrangem as culturas e criações, apontadas como prioridade, com base nos planos e zoneamentos oficiais, dentro das programações atingir as áreas de produção, nutrição, saúde, educação, associativismo, comercialização e gerenciamento rural.
Durante a assinatura da renovação do convênio, a Emater/RS – Ascar local fez a apresentação e entrega do relatório de atividades realizadas durante o ano de 2019. Foram prestados serviços de assistência técnica e extensão rural e social para 600 famílias, em 24 localidades, tendo estes parcerias e colaboração com os governos municipal, estadual e federal.
Segundo o escritório municipal, as famílias foram visitadas, acompanhadas e assessoradas no encaminhamentos de diversas e variadas demandas. “As visitas são muito importantes e proveitosas, procuram atender a família como num todo, estruturando-se a partir do diálogo que visa diagnosticar a situação familiar e busca construir conjuntamente com a família estratégias para o enfrentamento dos gargalos identificados. O resultado varia bastante em função do empenho de cada família. Entretanto, a maioria das famílias assistidas apresentaram melhoria na renda, na qualidade de vida e na redução da penosidade do serviço”, avaliaram os extensionistas.
A entidade ainda colocou que outro ponto importante é o crédito rural como ferramenta para o desenvolvimento das atividades. Além das famílias assistidas no Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, foram realizados pela equipe municipal 114 projetos de crédito rural, que resultaram em R$ 10.790.412,55 para 78 produtores e 1 cooperativa.

Foto: Paulo Sérgio Rosa
Emater prestou contas das atividades realizadas em 2019

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer