HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Teutônia, 38 anos: entre 2016 e 2020, projeção de crescimento econômico é de 17,24%

A projeção estimada leva em conta o Índice de Participação de ICMS de Teutônia

22 de maio, 10h00min

ImagemAereaRS
Entre 2016 e 2020, crescimento estimado de Teutônia é de 17,24%
Entre 2016 e 2020, crescimento estimado de Teutônia é de 17,24%

Teutônia completa 38 anos de emancipação político-administrativa nesta sexta-feira, dia 24 de maio. Neste período, Teutônia cresceu a olhos vistos. A economia se fortaleceu e se consolidou, tanto que, atualmente, é a 53ª maior economia do Rio Grande do Sul. E a tendência é continuar crescendo e se desenvolvendo.
Nesta semana, a SH Assessoria e Auditoria apresentou à Administração Municipal os índices e as projeções de crescimento do município. Entre 2016 e 2020, a projeção de crescimento econômico de Teutônia é de 17,24% acima da média do Estado, levando em conta o Índice de Participação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), também conhecido como Índice de Participação dos Municípios (IPM). Em 2016, o índice era de 0,314693. Para 2020, a projeção é de 0,368951, índice que ainda pode sofrer algumas alterações.
Segundo o prefeito, Jonatan Brönstrup, a projeção é otimista e mostra que Teutônia continuará sendo destaque na Região e no Estado. “Teutônia chega aos 38 anos com esta estimativa de crescimento é motivo de orgulho. Apesar do cenário econômico nacional desfavorável, seguimos crescendo e isto é possível graças a todos que, com o seu trabalho, contribuem com o desenvolvimento do município”, frisa.
A projeção do índice para 2020 levou em conta o comportamento econômico dos exercícios anteriores e serve como base para a elaboração das leis orçamentárias para o próximo ano. O índice provisório e, posteriormente, o definitivo devem ser divulgados em breve pela Secretaria de Fazenda do Estado. A apuração dos índices provisório e definitivo, da mesma forma, leva em consideração uma série de critérios definidos em lei e seus respectivos resultados ao longo dos anos anteriores. O fator de maior peso é a variação média do Valor Adicionado Fiscal (VAF), que responde por 75% da composição do índice.
O VAF é calculado pela diferença entre as saídas (vendas) e as entradas (compras) de mercadorias e serviços em todas as empresas localizadas no município. Outras variáveis e seus pesos correspondentes são: população, 7%; área, 7%; número de propriedades rurais, 5%; produtividade primária, 3,5%; inverso do valor adicionado per capita, 2%; e pontuação no Programa de Integração Tributária (PIT), 0,5%.

Foto: ImagemAereaRS
Entre 2016 e 2020, crescimento estimado de Teutônia é de 17,24%

Variação do Índice de Participação do ICMS de Teutônia

– 2016: 0,314693
– 2017: 0,329434
– 2018: 0,339221
– 2019: 0,359952
– 2020: 0,368951*
* Índice estimado

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer