HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Teutônia inicia distribuição da merenda escolar em forma de cestas básicas para alunos em vulnerabilidade

Na sexta-feira, em torno de 130 cestas foram entregues às famílias de alunos do Cemef que se enquadram em critérios de vulnerabilidade. Durante os próximos dias, alunos dos demais educandários serão contemplados, totalizando 268 cestas

27 de abril, 16h31min

Édson Luís Schaeffer
No total, serão 268 cestas entregues
No total, serão 268 cestas entregues

A Prefeitura de Teutônia iniciou, por meio da Secretaria de Educação, a distribuição da merenda escolar em forma de cestas básicas para as famílias de alunos que se enquadram em critérios de vulnerabilidade. A ação é uma das formas de ajudar as famílias em vulnerabilidade durante a suspensão das aulas em função do novo coronavírus.

Em torno de 130 cestas já foram entregues às famílias de alunos do Centro Municipal de Ensino Fundamental (Cemef) Leonel de Moura Brizola na sexta-feira, dia 24 de abril. A cesta básica, que deverá suprir as necessidades das famílias durante 30 dias de consumo, contém, entre diversos itens, arroz, feijão, massa, leite, bolacha, farinha, fermento, sal e açúcar. O kit ainda possui produtos da agricultura familiar, como aipim, feijão, carne e ovos.

Foto: Édson Luís Schaeffer
No total, serão 268 cestas entregues

Os demais educandários serão contemplados ao longo dos próximos dias, sendo que as escolas farão o contato e agendamento com as famílias para a retirada das cestas, visando evitar aglomerações. A entrega das cestas básicas obedecem a critérios de vulnerabilidade observadas pelas direções dos próprios educandários, que lidam diariamente com os alunos e estão cientes das necessidades de cada família.

No total, serão 268 cestas distribuídas nas escolas da rede municipal e na Apae, para os alunos de Teutônia. A entrega da cesta é possível com base na Lei Federal nº 13.987/2020, que autoriza, em caráter excepcional, durante o período de suspensão das aulas em razão de situação de emergência ou calamidade pública, a distribuição de gêneros alimentícios com recursos do programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) aos pais ou responsáveis dos estudantes de escolas públicas de educação básica.

Boa parte dos alimentos estava estocada nas escolas e serviu para compor as cestas. Os itens faltantes foram adquiridos pela Secretaria de Educação. Toda a ação está tendo acompanhamento do Conselho Municipal de Merenda Escolar e da nutricionista da Secretaria de Educação, Lisangela Bagatini.

Foto: Édson Luís Schaeffer
No total, serão 268 cestas entregues

A secretária de Educação, Rosana Schneider Rührwiem, ressalta a importância desta iniciativa, que beneficiará centenas de famílias que se enquadram nos critérios de vulnerabilidade. “Sabemos que para muitos dos nossos alunos a merenda escolar era um das únicas refeições do dia. Com amparo da legislação federal, podemos suprir a necessidades destes alunos neste período em que as aulas estão suspensas”, frisa.

Na sexta-feira, no Cemef, as famílias retiraram as cestas mediante agendamento feito pelo educandário, em espaço ao ar livre. De hora em hora, em torno de 20 famílias compareciam ao educandário, no Bairro Centro Administrativo, assinavam a ficha de retira dos kits e, então, se dirigiam até a porta do refeitório para retirar sua cesta.

Foto: Édson Luís Schaeffer
No total, serão 268 cestas entregues
Foto: Édson Luís Schaeffer
No total, serão 268 cestas entregues

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer