HORÁRIO DE ATENDIMENTO De segundas às sextas-feiras,
das 7h30min às 11h30min, 13h às 17h

Teutônia lança Central de Vagas online da Educação Infantil

Pais ou responsáveis poderão consultar, via site, a sua posição na fila de espera para vagas nas escolas de Educação Infantil municipais e comunitárias

2 de agosto, 7h30min

Édson Luís Schaeffer
Central de Vagas pode ser acessada via site
Central de Vagas pode ser acessada via site

Desde às 16h desta quinta-feira, dia 1º de agosto, pais ou responsáveis que aguardam vaga em escolas de Educação Infantil municipais e comunitárias podem conferir no site da Prefeitura de Teutônia a sua posição na fila de espera. Nesta linha, visando mais transparência e comodidade, a Prefeitura lançou a Central de Vagas online. O ato ocorreu na tarde desta quinta-feira, junto ao auditório 1 da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), reunindo autoridades, representantes das escolas e comunidade.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Central de Vagas online foi lançada nesta quinta-feira

Segundo o prefeito, Jonatan Brönstrup, a Central de Vagas traz mais transparência no que se refere à Educação Infantil. “Transparência é o que nos tem movido. Todos saem ganhando com o software, principalmente os pais ou responsáveis, pois a funcionalidade permitirá que as famílias acompanhem, em tempo real, qual a posição do seu filho na fila de espera. É um momento histórico e inédito. Teutônia é pioneira neste projeto”, destacou.
Os pais ou responsáveis devem acessar o site da Prefeitura, www.teutonia.rs.gov.br, e na barra abaixo das notícias em destaque, clicar em Central de Vagas ou, ainda, acessar diretamente http://centraldevagas.teutonia.rs.gov.br/. No site, é preciso selecionar a escola desejada, digitar o CPF do responsável, a senha (que deve ser obtida junto à Secretaria de Educação), marcar a opção “Não sou um robô” e, então, clicar em “Consultar posição”.
Como os pais podem optar por três escolas no momento do cadastro, é preciso repetir os passos anteriores para cada educandário desejado. “Os responsáveis somente vão ter acesso à posição do seu filho. Não será possível fazer a consulta da posição de outras crianças. A Central de Vagas online é uma das formas que os pais têm para monitorarem sua posição na fila de espera”, enalteceu a coordenadora da Educação Infantil, Alessandra Surkamp.
A Central de Vagas faz a gestão das vagas das três escolas de Educação Infantil municipais e das nove comunitárias. Para as escolas municipais, se dá preferência para situações de maior vulnerabilidade. Nas comunitárias, as vagas são distribuídas conforme ordem de inscrição junto à Secretaria de Educação.
Segundo a secretária de Educação, Rosana Schneider Rührwiem, a a ferramenta de acompanhamento real da fila de espera era um anseio dos pais e responsáveis. “Com a Central de Vagas online, a Administração Municipal está garantindo mais transparência na distribuição das vagas”, afirmou.
A presidente da Câmara de Vereadores, Keetlen Link, salientou a importância da Central de Vagas. “É um grande avanço no que se refere à transparência na distribuição das vagas da Educação Infantil. Agora, precisamos unir forças para reduzir o déficit de vagas”, colocou.
O vice-prefeito, Valdir Oliveira do Amaral, destacou o papel das escolas de Educação Infantil. “Os pais precisam trabalhar e ter a certeza de que os filhos estão em um lugar seguro. E esse cuidado que vocês têm com as crianças é fundamental, é algo feito com amor”, sublinhou.

Foto: Édson Luís Schaeffer
Durante o ato de lançamento, pais puderam conferir a sua posição na fila de espera

No começo de 2017, eram 438 crianças na fila de espera da Educação Infantil. Atualmente, são 282. E a intenção é diminuir e, até buscar zerar, a fila de espera até o final de 2020. Com o custeio das vagas da escolas de Educação Infantil comunitárias, a média de atendimento destas instituições passou de 886 para 992 crianças. A meta é chegar, até os próximos meses, a 1 mil vagas custeadas pela Prefeitura. As escolas municipais atendem 264 crianças.
Além disso, no final do ano passado a Secretaria de Educação adquiriu uma casa no Bairro Canabarro, que está sendo reestruturada por dentro. As obras estão em fase de finalização e, quando concluída, deve atender em torno de 60 crianças. A Secretaria de Educação ainda aguarda o repasse dos recursos federais para a conclusão das obras da Escola de Educação Infantil do Bairro Alesgut, que deve atender mais 130 crianças. Outras formas de diminuir o déficit também estão em estudos pela Secretaria de Educação.

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer